Modelo de carta: eu apoio a obrigatoriedade do Ginga

Enviar para: cgice@mdic.gov.br

Assunto: Consulta pública 08 de 19 de setembro de 2011

Senhor Ministro,

É de conhecimento notório que a televisão é a ferramenta de comunicação com maior poder de alcance na população brasileira, configurando talvez o único instrumento cujo acesso é verdadeiramente democrático. A TV Digital no Brasil foi idealizada para não só ressaltar a força do instrumento, mas também para revolucionar a forma de comunicação através da interatividade e impulsionar a produção de conteúdo nacional.

Com a utilização do Ginga, indústrias de qualquer tamanho armadas apenas pela sua capacidade criativa podem competir com as gigantes nacionais e internacionais do setor. Tal competição só é possível por causa do caráter aberto do Ginga e seus componentes que permite o desenvolvimento sem pagamento de royalties. Não bastasse seu caráter aberto, é o padrão mais avançado do mundo, pois trabalha com as últimas tecnologias em áudio e vídeo e permite a edição de conteúdo interativo em tempo real com a ferramenta Composer.

Pelo exposto acima e por acreditar na importância da obrigatoriedade do padrão, venho através desta manifestar meio apoio pelo item 2 da Proposta 062/11 da Consulta Pública 08, de 19 de setembro de 2011. O não acatamento da proposta pode gerar um padrão de fato imposto pelas grandes fabricantes de equipamentos eletrônicos, empurrando o padrão de direito – o Ginga – a um plano inferior no mercado nacional de televisores.

Sem mais, espero a aprovação da proposta e agradeço pela oportunidade de manifestação.

Eduardo Ferreira dos Santos

Obs.: O prazo para envio das cartas é dia 04 de Outubro de 2011.

Se você gostou desse post, deixe um comentário ou inscreva-se no feed RSS para ter todas os posts enviados para o seu agregador preferido.

Author Description

Eduardo Santos

Mestre em Computação Aplicada pela Universidade de Brasília (UnB), Tecnologista na Agência Espacial Brasileira, professor do Uniceub e cientista de dados (data scientist).

There are 1 comments. Add yours

  1. 3rd October 2011 | Denis says:
    Vamos sim garantir o GINGA e com ele a liberdade em gerar conteúdos e aplicações na TV interativa Brasileira. Depois é lutar pela liberdade de transmissão, rever concessões e divisão da banda... ...e assim, que venha a Democracia Direta via Internet e TV Interativa e o povo diretamente fiscalize e delibere leis e as realize por força de ações no mundo virtual para o real! @Demoulidor

Leave a Reply

Twitter

Subscribe to Blog via Email

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 12 other subscribers

Alguns direitos reservados

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.